TOP 5 – Ferramentas grátis


ATUALIZAÇÃO !!! – 20/09/2012

Esse post é para falar de ferramentas gratuitas,,, é com muito pesar que estou retirando o SSMS Tools Pack do primeiro lugar, a partir da versão 2.5.0.0 ele deixou de ser de graça, logo, vai contra o intuito do post…

Estou substituindo pela ferramenta SSMSBoost

Tem gente que gosta de fazer as coisas na marra,,, sem ajuda de nada,,, script de baixo de script,,, Isso é muito legal, tem muita coisa que só se resolve assim,,,

O importante é conhecer o que o mercado oferece quando você quer “uma ajuda” ou pra realmente facilitar o dia a dia,,,

O meu TOP 5 de ferramentas gratuitas são:

  1. Pra quem gosta de trabalhar com o SSMS, um add-on bem legal é o SSMS Tools Pack desenvolvido por Mladen Prajdić. Ele adiciona algumas funções bem legais como: histórico, snippets, gerador de código… Acho uma ferramenta pequena e legal… Uma ferramenta muito interessante para adicionar funcionalidades ao SSMS é o SSMSBoost ele adicionar recursos muito bons como snippets, localizador de objetos, alterador de barra de titulo e uma coisa bem legal que é o cadastro de conexão onde você pode colocar alerta de ambiente de produção,,, ai ele avisa, dependendo do comando que você precisa prestar atenção antes de dar um truncate table por exemplo…. Ele é de graça, mas naquelas, você precisa reinstalar ele a cada 45 dias (não é trial, é só uma coisa chata que o desenvolvedor colocou),,,
  2. Quem nunca passou raiva com o gerador de plano de execução do SSMS que drop um banco?,,, Se você usar o SQL Sentry Plan Explorer pelo menos uma vez, não vai querer deixar de usar,,, ele mostra de uma forma fácil de entender qual parte do plano estásendo mais custoso para a operação… fora outras coisas legais…
  3. Não pode faltar de jeito nenhum o Who is Active desenvolvido por Adam Machanic e por falar nele, existe um add-on da Schema Solutionsque adiciona uma interface gráfica para a execução de procedure.
  4. Na primeira vez que vi essa ferramenta não achei que seria tão útil, mas o SQL Trace Analyzeré bem interessante. Ele analisa o Profiler capturado em arquivo ou banco e gera um relatório consolidado mostrando o impacto, tempo, processamento, IO, etc.. E de brinde ele instala um monitorador de Locks/Blocks. O problema dessa ferramenta é a parafernália que ele instala, mas você pode remover o resto das coisas e ficar só com o programa principal.
  5. E não podia faltar alguma forma de monitorar o que acontece com o banco,,, para isso achei o IgniteFree, uma ferramenta muito simples de configurar e com muita informação relevante. Claro que a versão Trial/Full tem mais opções, mas mesmo na versão free é uma ótima ferramenta. Ela é leve, não ocupa muito espaço, não gera pressão na máquina que está sendo monitorada e de quebra ainda consegue monitorar uns Oracles que você tenha perdido no ambiente…
Anúncios

4 pensamentos sobre “TOP 5 – Ferramentas grátis

  1. Olá! Obrigado por mencionar o nosso SSMSBoost Tool. Temos de colocar 45 dias de intervalo para manter as pessoas mais recente usar version.You não ter de voltar a instalá-lo, você tem que atualizar isso 🙂 e nossa versão atual do ciclo é de cerca de 30-40 dias, é por isso que “45 dias “. Mas eu provavelmente irá aumentar este intervalo para 90 dias. Será que vai ser melhor?
    Se você tiver quaisquer propostas / solicitações de recursos – por favor contactar-me directamente por e-mail support@ssmsboost.com.

    Atenciosamente,
    Andrei Rantsevich

    • Muito obrigado pelo seu comentário.
      Entendo que as pessoas precisão ser forçadas a atualizar o aplicativo, mas poderia ser colocado um pop-up no momento em que a ferramenta é carregada para avisar que existe uma nova versão, entendo que em alguns casos isso pode não funcionar devido a restrições por proxy ou algo do gênero, ai ai entraria um intervalo maior como o de 90 dias como você citou.

      — ricardo leka

      • Nossa estratégia atual é “segurança máxima”: nós não fazemos nada em seu banco de dados e trabalhar com modelo de objeto do SSMS. E nós também não construir qualquer conexão de internet. Qualquer SSMS Add-in tem pleno acesso aos dados do banco de dados / suas senhas (Segurança), então eu não recomendo a instalação de qualquer add-in que faz “check nova versão” através do envio de algumas informações para internet. Nosso conceito é: Melhorar, mas não se comprometer e não perturbe. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s