T-SQL Tuesday #21 – Depois arrumo esse código,,,
0 (0)

Dessa vez o anfitrião do T-SQL Tuesday é o próprio idealizador Adam Machanic (Blog | Twitter).

E de uma forma diferente, não é na Terça-feira,,, por quê?

Porque não importa, desde que funcione pode ser zuado mesmo,,, o tópico desse mês é sobre “mostrar seu código lixo para o mundo”,,,

Todo mundo já escreveu um código uma vez ou outra,,,, todo o DBA tem aquele conjunto de scripts que o ajudam a identificar alguns problemas, fazer um tunning, arrumar alguma coisa,,, E com certeza todo mundo tem aquele código que hoje, pega para olha e começa a dar risada de como é que teve coragem de fazer uma coisa como aquela…

Meu exemplo é bem simples, O código é horrível, demora demais mas, funciona,,,

Ele troca os dados de posição de uma coluna específica.

WITH cteTableTel AS (
    SELECT
        ROW_NUMBER() OVER (ORDER BY NEWID()) AS n,
        SOBRENOME
    FROM CLIENTES
    )
UPDATE CLIENTES
   SET ENDERECO = (
       SELECT ENDERECO
       FROM cteTableTel
       WHERE cteTableTel.n = CLIENTES.ID)
Esse código funciona, não é nada bonito, não é performático, mas para a necessidade de uma base de treino com dados reais ele ajuda bastante,,,
Se você percebeu ele tem um problema,,, sabe qual é?
Como você garante que todas as linhas da tabela de clientes realmente estão em uma sequencia? Você pode ter apagado algum registro uma hora ou outra,,, Logo, haverá cliente que o endereço não vai ser atualizado,,
Já sei, você nem reparou nesse problema,,, você deve estar pensando: “por que ele esta fazendo um update na tabela de clientes se ele está usando uma CTE?”, ou também, “Legal, ele está fazendo isso em uma tabela que tem algum tipo de ID e quando tem aquelas tabelas que não da pra usar nada de referencia?”
Como eu disse, ele não é performático, e eu nem tinha me atentado nesses detalhes na época,,,  Houveram duas situações que me refizeram rever esse código: o primeiro caso dos usuários que não tinham os dados alteradores e o último… ai com muita vontade resolvi reescrever,,,
E ele ficou mais ou menos assim:
;WITH cte AS (
    SELECT
        ROW_NUMBER() OVER (ORDER BY NEWID()) AS n1,
        ROW_NUMBER() OVER (order by SOBRENOME) AS n2,
        SOBRENOME
    FROM CLIENTES
    )
UPDATE c1
   SET SOBRENOME = c2.SOBRENOME
   from cte as c1
   inner join cte as c2
   on c1.n1 = c2.n2

Dessa vez não tem problema com o usuário sem o dado alterado, performance melhorada em quase 90% e pouco importa se a tabela em algum registro para referencia,,,

Eu comparei a execução dos 2 códigos em uma tabela com um pouco mais de  3 milhões de linhas e o segundo código demorou quase 4 horas para finalizar,,, já o primeiro código eu parei a execução dele depois de 2 SEMANAS executando.

Tenho códigos piores no meu repositório? claro que sim. Esse é apenas um exemplo de um dos piores que já fiz…

Qual é o seu? tem coragem mostrar?

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Procurando por conversão implícita
0 (0)

Assistindo ontem a apresentação do Marcos Freccia (Blog | Twitter) sobre “10 coisas que todo desenvolvedor deveria saber sobre SQL Server” alguém perguntou como ver as conversões implícitas que estão sendo executadas no SQL,,, ou alguma coisa assim,,,

Então, segue um script rapidão que mostra as conversões,,, o chato desse script é que ele tem que ser executado por banco,,,

Vou tentar montar um outro que traga a informação de todos os bancos,,,

SET TRANSACTION ISOLATION LEVEL READ UNCOMMITTED 

DECLARE @dbname SYSNAME
SET @dbname = QUOTENAME(DB_NAME()); 

WITH XMLNAMESPACES
   (DEFAULT 'http://schemas.microsoft.com/sqlserver/2004/07/showplan')
SELECT
   stmt.value('(@StatementText)[1]', 'varchar(max)'),
   t.value('(ScalarOperator/Identifier/ColumnReference/@Schema)[1]', 'varchar(128)'),
   t.value('(ScalarOperator/Identifier/ColumnReference/@Table)[1]', 'varchar(128)'),
   t.value('(ScalarOperator/Identifier/ColumnReference/@Column)[1]', 'varchar(128)'),
   ic.DATA_TYPE AS ConvertFrom,
   ic.CHARACTER_MAXIMUM_LENGTH AS ConvertFromLength,
   t.value('(@DataType)[1]', 'varchar(128)') AS ConvertTo,
   t.value('(@Length)[1]', 'int') AS ConvertToLength,
   query_plan
FROM sys.dm_exec_cached_plans AS cp
CROSS APPLY sys.dm_exec_query_plan(plan_handle) AS qp
CROSS APPLY query_plan.nodes('/ShowPlanXML/BatchSequence/Batch/Statements/StmtSimple') AS batch(stmt)
CROSS APPLY stmt.nodes('.//Convert[@Implicit="1"]') AS n(t)
JOIN INFORMATION_SCHEMA.COLUMNS AS ic
   ON QUOTENAME(ic.TABLE_SCHEMA) = t.value('(ScalarOperator/Identifier/ColumnReference/@Schema)[1]', 'varchar(128)')
   AND QUOTENAME(ic.TABLE_NAME) = t.value('(ScalarOperator/Identifier/ColumnReference/@Table)[1]', 'varchar(128)')
   AND ic.COLUMN_NAME = t.value('(ScalarOperator/Identifier/ColumnReference/@Column)[1]', 'varchar(128)')
WHERE t.exist('ScalarOperator/Identifier/ColumnReference[@Database=sql:variable("@dbname")][@Schema!="[sys]"]') = 1
Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Histórico de Backup
0 (0)

Quem faz manutenção do MSDB regularmente? Ou tem algum job agendado para fazer o trabalho, levanta a mão.

\o/ <- não parece mas é um boneco com as duas mãos levantadas,,,

Coloquem o resultado do script abaixo nos comentários e vamos ver quem tem o histórico mais antigo…

select top 1 backup_start_date
from msdb.dbo.backupset with (nolock)
order by backup_set_id asc

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Quando foi que trocaram a senha?
0 (0)

Quando estamos no SQL Server (2005 ou superior), existem uma função que mostra algumas propriedades interessante sobre o login do SQL chamada LoginProperty.

Não conheço muitas aplicações que possuem interface que permite o usuário trocar a senha dele no SQL,,, mas achei interessante ter essa opção para saber quando alguém trocou a senha e “esqueceu” de avisar,,, ai tem aplicação que não abre,,, usuário que não loga,,, e quase sempre ninguém nunca fez nada….

Aqui vão alguns selects interessantes….

Mostra todos os logins que tiveram a senha trocada a mais de 30 dias:

 1: SELECT name, LOGINPROPERTY([name], 'PasswordLastSetTime') AS 'SenhaTrocada'
 2: FROM sys.sql_logins
 3: WHERE LOGINPROPERTY([name], 'PasswordLastSetTime') < DATEADD(dd, -60, GETDATE());

Mostra todos os logins que tiveram a senha trocada no último dia:

 1: SELECT name, LOGINPROPERTY([name], 'PasswordLastSetTime') AS 'SenhaTrocada'
 2: FROM sys.sql_logins
 3: WHERE LOGINPROPERTY([name], 'PasswordLastSetTime') > DATEADD(dd, -1, GETDATE());
Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

T-SQL Tuesday #17–Apply
0 (0)

O tópico deste mês para o T-SQL Tuesday é o operador apply,,,

Caso você não faça ideia de pra que serve o apply leia aqui.

Para este post vou coloca um script simples usando o apply.

Ele não faz nada muito importante, apenas mostra as 20 querys que mais gerão stress de disco:

SELECT TOP 20 SUBSTRING(qt.text, (qs.statement_start_offset/2)+1,
((CASE qs.statement_end_offset
WHEN -1 THEN DATALENGTH(qt.text)
ELSE qs.statement_end_offset
END – qs.statement_start_offset)/2)+1),
qs.execution_count,
qs.total_logical_reads, qs.last_logical_reads,
qs.min_logical_reads, qs.max_logical_reads,
qs.total_elapsed_time, qs.last_elapsed_time,
qs.min_elapsed_time, qs.max_elapsed_time,
qs.last_execution_time,
qp.query_plan
FROM sys.dm_exec_query_stats qs
CROSS APPLY sys.dm_exec_sql_text(qs.sql_handle) qt
CROSS APPLY sys.dm_exec_query_plan(qs.plan_handle) qp
WHERE qt.encrypted=0
ORDER BY qs.total_logical_reads DESC
Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Sou alguém importante no SQL?
0 (0)

Algumas vezes acontece de você prestar serviço para alguma empresa/usuário/amigo e o pessoal cria um usuário para acesso ao ambiente SQL, como em muitos casos não precisamos de acesso direto no servidor podemos usar o SSMS/Enterprise Manager ou qualquer outra ferramenta que esteja disponível. Apenas precisamos saber qual o nível de acesso do nosso usuário…

Continue reading

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

T-SQL Tuesday #016 – Blocking Processes – #tsql2sday
0 (0)

O T-SQL Tuesday desse mês é sobre Aggregate Functions,,,

O código abaixo é bem simples, ele vai exibir algum block que pode estar ocorrendo no SQL nada muito complicado mas é interessante de ter,,,

 1: SET NOCOUNT ON
 2: 
 3: SELECT  a.spid AS "Block" ,
 4:         ( SELECT    COUNT(*)
 5:           FROM      master.dbo.sysprocesses b
 6:           WHERE     b.blocked = a.spid
 7:         ) AS "BlockCount" ,
 8:         ( SELECT    MAX(waittime)
 9:           FROM      master.dbo.sysprocesses b
 10:           WHERE     b.blocked = a.spid
 11:         ) AS "BlockTime" ,
 12:         a.status ,
 13:         a.program_name ,
 14:         a.cmd ,
 15:         a.last_batch
 16: FROM    master.dbo.sysprocesses a
 17: WHERE   a.spid IN ( SELECT  blocked
 18:                     FROM    master.dbo.sysprocesses
 19:                     WHERE   blocked <> 0 )
 20: ORDER BY a.blocked ASC ,
 21:         BlockCount DESC
Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]

Quanto tempo vai demorar para…
0 (0)

Você já passou por aquela situação de ter que fazer um backup de uma base que não é imagepequena e não ter ideia de quanto tempo vai demorar? Você fica olhando aquela circulo maldito do SSMS rodando e rodando e nada, quando ele mostra alguma coisa é de 10% em 10%,,, Ou quando executa um script ele também fica nos 10% em 10%,,,

Isso é muito chato,,,

Continue reading

Click to rate this post!
[Total: 0 Average: 0]