Vamos estressar memória


Vamos estressar um pouco de memória?

Seguindo a mesma idéia do post anterior, esse script em powershell server para estressar memória, gerando alocação em variável de letras ‘a’ em blocos de 128MB.

Dependendo da sua configuração, isso pode gerar grande stress de disco na unidade onde o page file está alocado…


$mem_total =[int](
Get-WMIObject -class Win32_PhysicalMemory |
Measure-Object -Property capacity -Sum |
ForEach-Object {[math]::round(($_.Sum / 1GB - 2),2)}) #memoria total da maquina –2GB
$mem_stress = @()
$mem_loop = $mem_total * 8 #multiplica pq o tamanho da alocacao e 128mb
$i = 0
while ($i -le $mem_loop)
{

$mem_stress + ("a" * 128MB)
Start-Sleep -s 1
write-host $i
$i++
}

Basicamente não precisa deixar rodar até o final,,, apenas comece e pare a execução,,,

na pior das situações você terá que finalizar o processo do powershell pelo gerenciador de tarefas,,,

sempre lembrando,,, quer emoção? faça em produção,,,, depois não reclama se alguém brigar com você… Smiley piscando

Pressão de processador?


A algumas semanas atrás eu estava ajudando um cliente a localizar problemas de lentidão no ambiente dele. Não havia um ponto exato, não era sempre na mesma aplicação, muitas vezes nem a mesma unidade, isso ajudava muito na localização do problema,,, Smiley triste

Um dos analistas de desenvolvimento me indagou se o servidor de SQL estava sofrendo com problemas de processador,,, em alguns momentos o servidor apresentava alguns picos em um dos núcleos mas nada muito longo muito menos alarmante.

proc

Com a query abaixo, mostrei que não havia problemas de processamento,,, pelo menos naquele momento…

 Select signal_wait_time_ms=sum(signal_wait_time_ms)<br>,'%signal (cpu) waits' = cast(100.0 * sum(signal_wait_time_ms) / sum (wait_time_ms) as numeric(20,2))<br>,resource_wait_time_ms=sum(wait_time_ms - signal_wait_time_ms)<br>,'%resource waits'= cast(100.0 * sum(wait_time_ms - signal_wait_time_ms) / sum (wait_time_ms) as numeric(20,2))<br>From sys.dm_os_wait_stats 

O resultado é o seguinte:

proc1

Agora vem a pergunta: Legal, mas idaí?

O que nos interessa nesse resultado é o %signal (cpu) waits e o %resource waits.

A matemática é bem simples: quanto mais %recouce waits e menos %signal (cpu) waits melhor, quer dizer que, nesse momento não está havendo problemas de pressão com processador, não quer dizer que daqui a 1 segundo não comece a ter, mas no momento da execução dessa query não havia problema.

English version

A few weeks ago i was helping a client to find a slow problem on his environment. Don´t had a exact point, not always the same apllication, even the same place and this help a lot to find the problem.

One of the developers ask me if the SQL Server had problems with processos pressure,,, in a few moments on the day the server show a top processes in one of the cores, but was not the problem.

With the query below i show that we don´t have any problem with the processor, in that moment…

 Select signal_wait_time_ms=sum(signal_wait_time_ms)<br>,'%signal (cpu) waits' = cast(100.0 * sum(signal_wait_time_ms) / sum (wait_time_ms) as numeric(20,2))<br>,resource_wait_time_ms=sum(wait_time_ms - signal_wait_time_ms)<br>,'%resource waits'= cast(100.0 * sum(wait_time_ms - signal_wait_time_ms) / sum (wait_time_ms) as numeric(20,2))<br>From sys.dm_os_wait_stats 

The result was:

proc1

And then comes the question: Cool, but WTF?

The important is %signal (cpu) waits and %resource waits.

The mathematic is simple: more %recouce waits and lass %signal (cpu) waits is better, in that moment the server don´t have processos pressure.

Sorry about the poor English, i´ll fix at night.