Dicas para otimizar suas funções SQL


Existe uma grande diferença entre escrever uma instrução SQL que funciona e uma que funciona bem e é performática.

Algumas vezes os desenvolvedores estão muito focados em escrever suas queries que apenas resolvam uma tarefa específica sem levar em consideração performance ou o impacto na instancia do SQL server, como por exemplo quantidade de CPU, IO e memória que eles estão consumindo.  Assim, eles comem outros processos do SQL Server durante a execução derrubando toda a instância. Este artigo tentará prover ao desenvolvedor alguns pequenos detalhes que podem ajudar a otimizar as instruções.

Um grande número de livros e “white papers” foram escritos falando sobre performance no SQL server e este artigo não ira de forma alguma substituir o conhecimento que pode ser adiquirido com esses livros e “white papers”. A intenção é prover uma lista rápida para ajudar o desenvolvedor a identificar possíveis gargalos que podem existir no código SQL.

Continuar lendo