PowerShell e o Metrô


Trabalhando no centro você acaba tendo que usar muito o transporte público, o que na maioria dos casos é muito chato,,,

Devido a chuva a operação da CPTM e do Metrô estavam com algumas lentidões, mas nada comparado ao sites deles,,,

O site do Metrô (www.metro.sp.gov.br) estava muito lento, um tempo de resposta de uns 10/15 segundos.

O da CPTM (www.cptm.sp.gov.br) não estava muito longe disso também,,,

Aí fiquei pensando se algum deles tinha uma API para trazer a informação do status da linha e descobri que, claro, nenhum deles tem isso…

Mas, a Viaquatro, que opera a linha 4 do metrô tem uma API, que apenas trás as informações do metrô e por curiosidade não trás informações sobre a própria linha 4,,, mas já está valendo….

O site com as informações das linhas de metrô é o: http://www.viaquatro.com.br/generic/Main/LineStatus

Legal, não precisa de chave de API, não tem necessidade de autenticação, é bem simples e direto…

metro

 

Agora com isso já é possível trabalhar um pouco com o poweshell…


$metro = Invoke-RestMethod -Uri "http://www.viaquatro.com.br/generic/Main/LineStatus" | select * -ExpandProperty StatusMetro
$linha = $metro.ListLineStatus

$linha | select Line,StatusMetro

E agora tenho uma pesquisa direta do status das linhas na hora que eu quiser e sem ter que abrir o site do metrô,,,

Quando eu descobrir se a CPTM tem o mesmo tipo de serviço tento incorporar no código,,,

 

Coisas que só o Powershell ISE faz por você


Tenho alguns clusters que estão em Multi-site, usando um Quorum em File Share para melhorar a disponibilidade.

Como o “Cluster Core” conta como voto na contagem do cluster, tenho preferencia na localização do recurso, já que todos os nós estão votando ele trabalha como voto de desempate.

Eu precisava monitorar um evento bem particular do cluster, quando o “Cluster Core Resource” alterasse de site ele deveria alarmar pelo SCOM, até ai tranquilo,,, faço um script no POSH o pessoal coloca para monitorar e pronto….


$API = new-object -comObject "MOM.ScriptAPI"
$bag = $api.CreatePropertyBag()
$resultado = (@(Get-ClusterGroup "Cluster Group" | Where-Object {$_.OwnerNode -like 'SERVIDOR*'}).count -eq 1)

if ($resultado -eq $true)
{
$bag.AddValue("State","Good")}
else
{
$bag.AddValue("State","Bad")}

$API.Return($bag)

Enquanto testava o script percebi que o Powershell ISE estava retornando mensagem de erro, fiquei revendo argumento, variável, comObject, mas não encontrei o erro…

Powershell ISE SCOM Script Error

Powershell ISE SCOM Script Error

Exception calling “Return” with “1” argument(s): “The handle is invalid. (Exception from HRESULT: 0x80070006 (E_HANDLE))”
At line:15 char:1
+ $API.Return($bag)
+ ~~~~~~~~~~~~~~~~~
+ CategoryInfo : NotSpecified: (:) [], MethodInvocationException
+ FullyQualifiedErrorId : ComMethodTargetInvocation

A solução é bem simples:

  • Salve o arquivo em script e execute ele… o ISE não consegue interpretar o retorno do comObject.

O retorno é alguma coisa como:

<DataItem type=”System.PropertyBagData” time=”2015-06-24T12:18:40.1270337-03:00″ sourceHealthServiceId=”68A1F050-F975-9EE7-E0F3-C2CDE3445FD3″><Property Name=”State” VariantType=”8″>Bad</Property></DataItem>