Ocupação de disco fantasma


Quem nunca foi acionado ou recebeu um alerta de falta de espaço em disco e não fazia ideia de onde estava a ocupação do disco?

Existem várias formas de ocupar espaço no disco e dar dor de cabeça para o administrador Windows, nesse post vou comentar da que, no meu ponto de vista, é a mais chata o diretório do “System Volume Information”.

Quem é esse tal de “System Volume Information”?

  • Esse diretório contém informações sobre a indexação do disco
  • Informação de Quota NTFS
  • Dados do sistema de ponto de restauração e backup usando Windows Server Backup
  • Dados para backup usando algumas ferramentas de backup
  • Se você usa “Shadow copy” cada nova versão de VSS snapshot salva dados nesse diretório
  • etc.

Você não deveria se preocupar com os dados desse diretório, onde a ferramenta que está gerando os dados e versionamentos de arquivos nesse diretório deveriam limpar os dados e tocar a vida, mas como trabalhamos com TI e não necessariamente as ferramentas fazem o que deveriam fazer, vamos fazer o trabalho de identificar e limpar essa estrutura.

De uma forma visual, para saber se você está com problemas com esse diretório, recomento usar uma ferramenta como o “TreeFile Size”, “WizTree”, “DiskUsage”, etc.

Pelo “Windows Explorer” originalmente esse diretório não é exibido, você precisa alterar as configurações de exibição para mostrar arquivo e diretórios ocultos do sistema.

Quando tentar acessar vai receber erro de acesso negado mesmo você sendo o administrador do sistema.

Agora que você já sabe quem é esse diretório, já sabe que ele existe, já viu onde ele está, para calcular o espaço ocupado por ele você vai abrir o prompt de comando em modo administrador e vai digitar:

vssadmin list shadowstorage

Se tiver alguma coisa configurada com o ” System Volume Information” ele deve apresentar um resultado parecido com:

Legal, agora temos informações de quanto o espaço máximo pode ser alocado para os recursos e o quanto está realmente alocado.

Se o valor estiver com configuração “UNBOUNDED” quer dizer que o céu é o limite, ou o espaço total do disco, o que acabar primeiro…

Para exemplificar, vamos colocar o limite para a letra C: em 2GB

vssadmin resize shadowstorage /on=c: /for=c: /maxsize=2GB

Ele vai escrever que redimensionou o espaço para o serviço de shadow copy.

Você pode trocar o /maxsize=XGB para porcentagem também, ai fica /maxsize=10%

Se você cria backups de “system state” o windows também cria essa estrutura na letra C:, para apagar eles você pode rodar:

wbadmin delete systemstatebackup -keepversions:0

Isso deve ser o suficiente para limpar esses diretórios das suas unidades, agora entender por que eles estão sendo alimentados para evitar que isso ocorra novamente? corre atrás do pessoal de backup…