Snapshot


Esse script não tem nada de complexo, ele serve mais para ajudar a criar de uma forma dinâmica o SnapShot de uma base.

Montei ele para funcionar da forma mais genérica possível, para bases com 1 arquivo até bases com 1000 arquivos.

ele vai renomear a extensão dos arquivos e vai criá-los no mesmo local dos arquivos originais.

DECLARE @ExecStr nvarchar(max)
, @DB sysname
, @Name sysname
, @Physical_Name sysname

set @DB = '' --Base que terá o SnapShot criado

DECLARE FileListCursor CURSOR FAST_FORWARD FOR
SELECT Name
, Physical_Name
FROM sys.master_files
where database_id = DB_ID(@DB)
 and type <> 1

OPEN FileListCursor

FETCH NEXT FROM FileListCursor INTO @Name, @Physical_Name

SELECT @ExecStr = N'CREATE DATABASE ' + @DB + '_SS ' +
N' ON ( NAME = ''' + @Name + N''' , FILENAME = ''' + + replace(replace(@Physical_Name, '.mdf', '.ss'),'.ndf', '.ss') + + N''')
 '

FETCH NEXT FROM FileListCursor INTO @Name, @Physical_Name

WHILE @@FETCH_STATUS <> -1
BEGIN
 SELECT @ExecStr = @ExecStr + N', ( NAME = ''' + @Name
 + ''' , FILENAME = ''' + replace(replace(@Physical_Name, '.mdf', '.ss'),'.ndf', '.ss') + ''')
 '
 FETCH NEXT FROM FileListCursor INTO @Name, @Physical_Name
END

SELECT @ExecStr = @ExecStr + N' AS SNAPSHOT OF [' + @DB +']'

--exec (@ExecStr) --executa o TSQL
select (@ExecStr) --gera o TSQL para execuçao manual

DEALLOCATE FileListCursor
GO

Essa semana tive que usar esta solução para aquela feature meia boca (feita pela metade) do AlwaysOn no SQL 2012.

Quando o link ou o SQL do site primário apresenta problemas a base secundária cai junto,,, esse Always (nem sempre) On no 2012 tem esse problema que, em teoria, foi corrigido no 2014.

Como a migração de SQL está descartada, surgiram algumas alternativas mas o melhor cenário foi:

  • Criar uma base oca;
  • Criar sinônimos;
  • Criar SnapShot.

Agora tenho um Job que fica monitorando a DM do AlwaysOn e garante que os sinônimos da base oca estão apontando para a base que está sendo replicada. Quando ocorrer uma falha, ele gera um SnapShot dessa base e altera os sinônimos para a base SnapShot. E fica monitorando o ambiente para inverter a situação quando a base replicada for restabelecida.

Esse POG funciona… e por incrível que pareça é bem rápido… nos testes a criação do SnapShot da base com 4TB demorou 12 seg e a troca dos sinônimos foi instantânea.

 

T-SQL Tuesday #025 – Truques


Este mês o Sr. Allen White (Blog | Twitter)  pediu para as pessoas dizerem quais truques elas utilizam para deixar o trabalho mais fácil…

Nós temos muitos códigos em powershell que ajudam a melhorar o dia, mas, powershell,,, aahh,,, se você usar o google, poderá encontrar muita gente escrevendo bons códigos que podem ajudá-lo.

Eu escrevi uma coisa legal, mas em T-SQL, para criar bases em mirror,,, Sim, eu sei, você pode encontrar um monte de blogs falando sobre como criar esse tipo de ambiente,,, mas eu vou fazer isso usando SQLCMD dentro do Management Studio,,, por quê? só pela diversão…

Eu vou pular a parte da criação dos end-poins porque você já sabe…

A parte legal está logo depois da versão em inglês,,,

Hi, i try translate all the text above, sorry if have some mistakes,,,

This month Mr. Allen White (Blog | Twitter) ask people to say what tricks we use to make our job easier…

We have a lot of code in powershell helping to improve the day, but, powershell,,, aahh,,, if you use the google will find a lot of people writing good scripts to help you.

I going to write some nice,, but in T-SQL, just to create a database mirror,,,, Yes, I know, you can find a lot of blogs talking about who to create a database mirror,,, but I will do this using the SQLCMD inside the Management Studio,, why? just for fun…

I´ll skip the creation of end-points because you already know…

The good part is here:


/* Change the principal server name and instance */
:SETVAR principal_server "SERVERNAME\INSTANCE1"
/* Change the mirror server name and instance */
:SETVAR mirror_server "SERVERNAME\INSTANCE2"
/* in this case I use the same server, but you can add one more setvar and add the other server */
:SETVAR server "SERVERNAME"
/* Database name to mirror */
:SETVAR db "DB_NAME"

:connect $(principal_server)

alter database $(db) set recovery full

backup database $(db)
to disk = 'D:\DB01\inst01\$(db).bak'
with compression, stats = 5

backup log $(db)
to disk = 'D:\DB01\inst01\$(db).trn'
with compression, stats = 5

go
:connect $(mirror_server)

restore database $(db)
from disk = 'D:\DB01\inst01\$(db).bak'
with file = 1,
move '$(db)' to 'D:\DB01\local\$(db).mdf',
move '$(db)_log' to 'D:\DB01\local\$(db).ldf',
norecovery, nounload, stats = 5

restore database $(db)
from disk = 'D:\DB01\inst01\$(db).trn'
with norecovery, nounload, stats = 5

alter database $(db)
set partner = 'TCP://$(server):5022'
go

:connect $(principal_server)

/* In this part you can change the setvar if was created other one */
alter database $(db)
set partner = 'TCP://$(server):5023'