Conversor de RPT para CSV


Mais um para a minha lista de programas inúteis,,,

Esse programa é um command line que vai converter o arquivo de saída do SSMS quando você escolhe ter o resultado em arquivo (.RPT) para arquivo separado por vírgula (.CSV)

Ele tem uma limitação que é pegar apenas uma saída do arquivo de resultado. O que isso significa? Se você executar mais de uma query no SSMS e isso gerar mais de um resultado dentro do arquivo RPT ele só vai converter o primeiro resultado.

Essa limitação não é do programa em si, mas da limitação do CSV, já que ele vai usar a primeira linha do arquivo como coluna e remover os traços da segunda linha você acaba tendo apenas um resultado dentro de um arquivo CSV pois não dá para ter mais de uma linha com nome de coluna.

Não entendeu nada? imaginei…

Conversor de arquivo rpt para csv

A execução dele é bem simples:

  • Para um arquivo: rpt2csv nome_do_arquivo.RPT
  • Para mais arquivos: rpt2csv nome_do_arquivo.RPT nome_do_arquivo2.RPT nome_do_arquivo3.RPT …

Percebeu que NÃO tem o nome_do_arquivo.CSV ? Ele vai gerar no mesmo local onde está o RPT o arquivo CSV com o mesmo nome.

Se você digitar apenas rpt2csv ele vai mostrar um pequeno help, já se você adicionar o /? ele vai mostrar um exemplo…

O download do projeto está aqui, caso queira apenas o executável baixe o projeto, descompacte e vá até o diretório “rpt2csv\rpt2csv\bin\Debug” lá você vai encontrar o rpt2csv.

Se isso for útil comente e responta a enquete,,, se não foi útil responda a enquete,,,

Se você fizer uma análise mais a fundo, vai perceber que ele converte qualquer coisa que se pareça com o RPT e não apenas RPT para o CSV.

ATUALIZAÇÃO !!!

Adicionei o projeto ao GitHub, quem quiser ajudar ou alterar o projeto pode acessar o endereço https://github.com/bigleka/rpt2csv

Anúncios

Procurar por arquivos duplicados usando PowerShell


Um colega de trabalho estava precisando de ajuda para vasculhar em disco com 1TB por arquivos repetidos para poder apagar…

existem vários programas gratuitos que fazem isso,,

mas, vamos fazer da forma mais legal… o bom e velho PowerShell…

a idéia é pegar e comparar o Hash de MD5 dos arquivos e mostrar apenas quando aparecerem mais de uma vez…

Para deixar simples, na linha 3 troque para o diretório que você quer que ele pesquise.

Na linha 4 coloque o local e o arquivos onde o resultado será salvo

ele vai armazenar o nome do arquivo, locallização completa, data da criação, data da modificação, tamanho e o Hash do MD5.

depois você pode editar o arquivo no excel e escolher quais quer deixar e os que você vai apagar…


function get-md5hash {[System.BitConverter]::ToString((new-object -TypeName System.Security.Cryptography.MD5CryptoServiceProvider).ComputeHash([System.IO.File]::ReadAllBytes($args)))}

$procurar = "e:\teste"
$resultado = "e:\teste\teste.csv"
Get-ChildItem $procurar -Recurse|`
?{!$_.psiscontainer}|`
Select-Object Name,Fullname,CreationTime,LastWriteTime,Length,@{Name="MD5";Expression={Get-md5hash $_.fullname}}|`
group MD5|?{$_.Count -gt 1}|%{$_.Group}|sort MD5|`
Export-Csv $resultado -NoTypeInformation -Encoding "Unicode"

[Vídeo] Instant File Initialization


Já vou logo avisando:

  • Não assista esse vídeo depois das 22h,,, não me responsabilizo por pesadelos,,,
  • Não assista perto dos seus filhos,,, é mais feio que o bicho papão,,,
  • Não assista no trabalho,,, seus colegas já sofrem tendo que trabalhar com você,,,,
  • Meu primeiro vídeo,,, Gravei o vídeo as 4am,,, estava com muito sono,,,

Se, depois de tudo isso, clicar em Play não me responsabilizo por absolutamente nada,,,

Instant file initialization from Ricardo Leka on Vimeo.