The Log scan in database model is not valid


Um pouco da história antes….

Dia 08/12/2011 choveu muito aqui em sampa,,, tivemos problemas com a elétrica aqui no prédio, ocasionando diversas quedas de energia,,,

Tenho instalado no desktop um SQL Server 2008 R2 Express, onde tenho algumas bases para testes,, até ai nenhuma novidade,,,

Quando cheguei no dia seguinte (09/12/2011) percebi que um sistema que uso para testar algumas bases não estava funcionando,,, a mensagem era simples: “Não consigo acessar o SQL”

Tentei iniciar o serviço do SQL e, claro, não consegui,,, Acessei os eventos do sistema e achei a seguinte mensagem:

event model

Interessante,,, o transaction log do model foi corrompido… isso é legal…

Iniciei o SQL em modo de segurança e rodei um DBCC CHECKDB, não fez diferença…

Como a base Model não é uma das bases mais vitais do SQL e eu não tenho backup dela,,, fui no diretório de Templates e copiei a base de lá para o diretório onde estava a base de “produção”. Iniciei o SQL e ele carregou sem problemas….

templates

Lembrando que, não é porque existem outras bases de sistema por aqui que você pode sobre-escrever a Master ou a MSDB…

Aí vem uma pergunta,,, por que o SQL não subiu com a base em suspect ou offiline? ou qualquer outro aviso? simples… a base Model, por mais simples que seja serve como base para criar o TempDB,,, sem ela,, o SQL não consegue criar o mínimo para o TempDB… eu consegui iniciar o SQL em modo de segurança porque usei a traceflag 3609 onde ele não recriou o tempdb…

Estou fazendo index scan sim, idaí?


Complementando o Post Procurando por conversão implícita sobre a apresentação do Marcos Freccia (Blog | Twitter)  “10 coisas que todo desenvolvedor deveria saber sobre SQL Server

Um dos grandes problemas dessa conversão é o SQL utilizar index scan ao invés de index seek.

Esse código mostra consultas que estão executado Index Scan por motivos de Conversões Implícitas.

with XMLNAMESPACES
('http://schemas.microsoft.com/sqlserver/2004/07/showplan' as sql)
select
total_worker_time/execution_count AS AvgCPU
, total_elapsed_time/execution_count AS AvgDuration
, (total_logical_reads+total_physical_reads)/execution_count AS AvgReads
, execution_count
, SUBSTRING(st.TEXT, (qs.statement_start_offset/2)+1 , ((CASE
qs.statement_end_offset WHEN -1 THEN datalength(st.TEXT) ELSE
qs.statement_end_offset END - qs.statement_start_offset)/2) + 1) AS txt
, qs.max_elapsed_time
, db_name(qp.dbid) as database_name
, quotename(object_schema_name(qp.objectid, qp.dbid)) + N'.' +
quotename(object_name(qp.objectid, qp.dbid)) as obj_name
, qp.query_plan.value(
N'(/sql:ShowPlanXML/sql:BatchSequence/sql:Batch/sql:Statements/sql:StmtSimple[@StatementType = "SELECT"]/sql:QueryPlan/sql:RelOp/descendant::*/sql:ScalarOperator[contains(@ScalarString, "CONVERT_IMPLICIT")])[1]/@ScalarString', 'nvarchar(4000)' ) as scalar_string
, qp.query_plan
from sys.dm_exec_query_stats as qs
cross apply sys.dm_exec_query_plan(qs.plan_handle) as qp
cross apply sys.dm_exec_sql_text(qs.sql_handle) st
where qp.query_plan.exist(
N'/sql:ShowPlanXML/sql:BatchSequence/sql:Batch/sql:Statements/sql:StmtSimple[@StatementType = "SELECT"]/sql:QueryPlan/sql:RelOp/sql:IndexScan/descendant::*/sql:ScalarOperator[contains(@ScalarString, "CONVERT_IMPLICIT")]' ) = 1;